17 de novembro de 2012

rico circo

Luxo é o abraço da minha mãe ser possível todos os dias.
Riqueza são os pensamentos de quem amo.
Poder tem, somente, as mãos de quem desejo.
IN está o Amor.

Antes os meus rendimentos fossem em beijos, abraços e sorrisos... Queria lá saber do bruto.

Classe têm as mãos de terra, ferro e madeira... do meu avô.
Elegância o pé descalço dos meus irmãos.
Preciosas são as pedras dos rios que ainda não poluímos

E a água que deles bebemos.

Para ser rico, há que não querer nada.

1 comentário:

  1. estás cada vez mais perto de quem te quiser Ler, é um privilégio.

    ResponderEliminar

tem vontade própria